banner

26 de jul de 2016

VERGONHA ATLETICANA

O REBAIXAMENTO DO 
CLUBE DA BAIXADA


Conforme já retratado neste BLOG, em outra oportunidade, conforme segue link: 


o rebaixamento do clube da baixada no ruralzão como eles gostam de falar, é um tema pitoresco e que só vem lançar mais luz sobre a história vexatória do clube ruborizado, assim como apimentar ainda mais essa rivalidade que já dura a décadas.


A coluna sobre o rebaixamento do clube atleticano, foi ao ar no dia 13 de Março de 2015, no jornal "Gazeta do Povo" e quem assina a matéria, é o colunista, Eduardo Luiz Klisiewicz, que retrata mais um capítulo da história de um clube que não tem princípios no Estado do Paraná. Segue o link:

http://www.gazetadopovo.com.br/esportes/futebol/campeonato-paranaense/rebaixado-atletico-se-livrou-da-2-divisao-estadual-em-1967-apos-pedido-de-rivais-cfyosdpdi6b5scz9x0x4joehh




Conforme pode se perceber o clube lá de baixo, tem em seu pobre currículo uma "série de ajudas", durante a sua existência, tanto do Poder Público(terrenos, estádio), como também da Federação na arbitragem, especialmente na década de 60, no famoso caso do juiz uruguaio, JÚLIO SALSAMEDI, que dava uma "mãozinha" para o time nas partidas pelo "ruralzão", matéria também retratada por este BLOG, que fora extraída da Revista Placar de 1977.


E por fim, como não poderia deixar de ser, nos bastidores do futebol paranaense, o clube do fim da rua, de igual forma, também recebeu uma "ajudinha extra" dos clubes e dirigentes à época para não disputar a SÉRIE B do ruralzão. 



Ou seja, a história atleticana sempre foi pautada pela mendicância política e futebolística, tendo como marca a sua DEPENDÊNCIA DOS OUTROS para conseguir erigir sua história.


Como já dizia um torcedor apaixonado pelo clube do Alto da Glória: "Nunca caímos para a Série B do Estadual, e caso, tivéssemos caído, voltaríamos no campo e não no "tapetão". "



"tua camisa alviverde para sempre hei de amar"





Nenhum comentário:

Postar um comentário