banner

31 de ago de 2011

REVISTA " O COXA-BRANCA" DE 1971




Revista do CORITIBA, "O COXA-BRANCA" Edição Nº5 4º trimestre de 1971 resgatava uma antiga tradição da Torcida do VERDÃO, de colocar a faixa de campeão paranaense de 1971 no homem nú na Praça 19.
 Informativo produzido pela Torcida Jovem e que era distribuído aos torcedores do Coritiba

30 de ago de 2011

CORITIBA X FLAMENGO - OLÍMPIADAS DO EXÉRCITO



Olimpíadas do Exército que ocorreram no Estádio "Belfort Duarte", uma grande realização que serviu para estreitar as relações entre civis e militares. A festa inaugural foi um acontecimento de grande significação cívica ante a beleza do desfile e a participação vibrante do povo.


Neste o Ano o CORITIBA venceu o Vasco da Gama, lá em São Januário, por 1 a 0 e ganhou aqui do Flamengo por 2 a 1 nas Olimpíadas Militares. A foto é de um lance movimentado do jogo inaugural das citadas Olimpíadas do Exército Brasileiro. Depois o CORITIBA venceu o Vasco novamente pelo mesmo placar, 2 a 1.  



CRÉDITOS : REVISTA CORI 70 - Nº 6 DE 1969
Edição S.A. Gazeta de Notícias 
Rua Teófilo Otoni, 142 
Rio de Janeiro - GB - Processo 3.002.272 /69 
Carta Patente - 197
                                                   


28 de ago de 2011

CORITIBA CAMPEÃO: CAPA Tribuna do Paraná

BI - CAMPEÃO PARANAENSE 1957


CAMPEÃO PARANAENSE 1959

BI-CAMPEÃO PARANAENSE 1960




CAMPEÃO PARANAENSE 1968

CAMPEÃO PARANAENSE 1971


BI-CAMPEÃO PARANAENSE 1972

TRI-CAMPEÃO PARANAENSE 1973

TETRA-CAMPEÃO PARANAENSE 1974

PENTA CAMPEÃO PARANAENSE 1975

HEXA-CAMPEÃO PARANAENSE 1976

CAMPEÃO PARANAENSE 1978

BI-CAMPEÃO PARANAENSE 1979


CAMPEÃO PARANAENSE 1986


CAMPEÃO PARANAENSE 1989
Esse é histórico e um dos meus preferidos


CAMPEÃO PARANAENSE 1999
Esse também é histórico e um título muito comemorado

CAMPEÃO PARANAENSE 2003


BI-CAMPEÃO PARANAENSE 2004

CAMPEÃO PARANAENSE 2008


CAMPEÃO PARANAENSE 2010


BI-CAMPEÃO PARANAENSE 2011


TRI-CAMPEÃO PARANAENSE 2012

AS CAMISAS DO CORITIBA

Os primeiros 10 anos
1909 - 1919
Camisa de flanela com listras verdes e brancas na vertical. Calção branco, preso por um cinto fino verde. Meias compridas e sapatos amarelos. Assim o Coritiba, ainda como o Teuto fez o jogo zero da sua história. 

Em 1912, existem registros fotográficos de uma camisa branca com o primeiro escudo da história do clube, conforme ilustra a imagem do jogador ao centro e a foto logo abaixo o úni-co a não ser em formato de globo. 
 
Contudo nã-o existem registros ou documentos que comprovem ou confirmem a data exata da troca desse primeiro escudo para o escudo em formato de globo. No entanto, na conquista do primeiro título Paranaense, em 1916, a camisa usada já apresentava o globo simbólico.




ANOS 20
A novidade está nos calçados, mais leves quase chuteiras. A combinação en-tre a camisa toda branca e calções pretos fez o time ser chamado de alvi-negro por muitos anos.


ANOS 30
O uniforme principal, era ainda predominantemente branco, ganhando golas em "V"  na cor verde. Era comum o uso dos gorros para amenizar o contado com a bola. Nessa década o escudo passou a ser contornado nas bordas pela inscrição;" Coritiba Foot Ball Club - Paraná ".


ANOS 40
Em partidas interestaduais, o globo era substituído pela inscrição CORITIBA, em letras grandes, para facilitar a identificação do clube. As mangas brancas passaramm a ter detalhes em verde. Também entra em cena a camisa que com o passar dos anos seria a mais tradicional do clube e anos mais tarde seria a camisa número 1. A camisa de gala, com listras horizontais verdes, sob o escudo.


ANOS 50
A primeira versão do uniforme com listras verticais, é resgatada e se torna a camisa número 1. As meias também se tornam alvi-verdes, mas na horizontal.


ANOS 60
O Clube retorna com a camisa toda branca dos primeiros anos. O escudo varia, mas sempre em formato de globo, mas ora com letra verde e fundo branco, ora letra branca com fundo verde.


ANOS 70
A década de ouro consolida o uniforme com listras horizontais verdes como sendo o uniforme número 1 do clube e como o que seria mais usado em todos os tempos. O uso de calções pretos e meias brancas torna-se cada vez mais comuns.


ANOS 80
A camisa número 2 do CORITIBA, já foi a número 1, mas como o clube adotou a camisa com listras horizontais verdes como a número 1, a camisa na imagem passou a ser a número 2. Porém essa camisa ficou conhecida carinhosamente pelo apelido de "jogadeira" e virou símbolo de sorte, pois com ela o CORITIBA conquistou seu maior feito, o título de campeão brasileiro em 1985 no Maracanã.

ANOS 90
O CORITIBA termina a década com inovações ao uniforme. O jejum de 10 anos sem um título regional, chega ao fim em 1999, com uma camisa toda verde, com alguns detalhes pretos, calções pretos e meias verdes.


DESENHO FEITO EM 1944



RÉPLICA DA PRIMEIRA CAMISA



CAMISA RARA DO CORITIBA

Uma camisa rara do Coritiba com o escudo na parte superior esquerda e com as tradicionais faixas na horizontal isoladas, sem o escudo, tradicionalmente no centro sobre as listras.

Portanto não existem registros históricos que confirmem que ela foi utilizada em alguma partida oficial, e nem que seja uma "peita" oficial, porém, pelo logo da Adidas, supõe-se que tenha sido usada no fim da década de 70, começo dos anos 80, tendo a forte tendência de ter sido uma camisa de treino, porém isto é mera especulação deste Blog.  

Depois de algumas especulações em torno da origem desta camisa, pedi o auxílio aos fiéis torcedores do Verdão, Flávio e Cabral do Grupo Helênicos, para analisarem a "rara" camisa em questão.

Obtive a resposta a qual passo a transcrever. 

"Uma camisa que ele descreve como sendo uma camisa rara do Coritiba, da Adidas, com escudo no peito, não é oficial. Foi algum modelo retro e colocaram o escudo no peito, igual aquela camisa da Arcal de 1988.

Nas camisas de 1987 nenhuma delas está correta... a primeira é uma réplica da época mesmo e a segunda é uma retrô da Arcal, sendo que a Arcal usamos somente em 1988.

As demais estão certinhas."
Cabral - Grupo Helênicos 


CAMISA ANOS 70
A era de ouro



CAMISA DE 1983


CAMISA USADA NA 
FINAL DE 1985

CAMISA FEITA POR UMA PROMOÇÃO DO CLUBE EM 1986

  
CAMISAS DE 1987

CAMISA DE 1988 - USADA EM JOGOS


CAMISA TODA BRANCA 1988

LINHA RETRO TÍTULO DE 1989



CAMISA Nº 1 DE 1994

CAMISA Nº 2 DE 1994
CAMISA DE 1995

CAMISA DE 1996


CAMISAS DE 1997






CAMISA DE 1998


CAMISA DE 1999
USADA NA FINAL DO PARANAENSE
(E que particularmente mais gosto)





ANO 2000

Camisa comprada em Loja de Artigos Esportivos em São Paulo



CAMISAS COMEMORATIVAS


1999 - CAMISA 90 ANOS





2000  - CAMISA 91 ANOS
2001 - CAMISA 92 ANOS


2002 - USADA EM ALGUNS JOGOS


2003 - CAMISA 94 ANOS





2004 - 




ALUSIVAS A LIBERTADORES




2005 - CAMISA 96 ANOS


2006 - CAMISA 97 ANOS




2007  - CAMISA 98 ANOS



2008 


Camisa alusiva a comemoração pela volta a elite do futebol brasileiro, devido a conquista do titulo da Série B em 2007. Foi utilizada somente em uma partida, contra o Palmeiras na 1º rodada do Brasileirão de 2008, onde o Coxa venceu a partida por 2 a 0. Essa camisa nunca mais foi usada em partidas oficias.



 ALUSÃO AOS 99 ANOS DO CLUBE



CAMISAS DO CENTENÁRIO 


CAMISA 100 ANOS



2010
Camisa usada no jogo do retorno ao Couto Pereira após a suspensão. O CORITIBA jogou contra a Portuguesa/SP e venceu o jogo por 2 a 0. A camisa é uma homenagem a Bandeira do Paraná.



TEMPORADA 2011



USADA NA FINAL DA COPA DO BRASIL



ALUSIVA A MARCA MUNDIAL 
DE VITÓRIAS CONSECUTIVAS
A 3ª camisa da temporada 2011 foi lançada na tarde deste domingo dia 16/10 na partida contra o Bahia pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida terminou empatada sem gols.
A camisa faz alusão a incrível marca mundial, de 24 vitórias consecutivas conseguidas pelo CORITIBA, compreendo o Campeonato Estadual e a Copa do Brasil deste ano.
A novidade está na cor azul petróleo, a mesma do Guinness, com detalhes em preto e dourado. Uma homenagem ao recorde mundial de vitórias consecutivas do Coritiba.


MODELO 2012 - PATROCÍNIO NIKE
A CAMISA NÚMERO 1
A primeira vista poucas diferenças em relação a tradicional camisa do CORITIBA.

O escudo é de tecido, bordado sobre as duas listras horizontais, e o único patrocínio é o da IRA, nas mangas
, às linhas do novo uniforme na horizontal continuam as mesmas, mas apenas na parte da frente, ficando às costas totalmente em branco, fazendo uma alusão aos anos em que o COXA jogou com camisas todas brancas em décadas anteriores.

Outra novidade é a cor verde, um pouco mais clara que aquele VERDE MAIS ESCURO, comumente encontrado nas versões anteriores.


O símbolo do Coritiba continua no meio da camisa e a mudança mais evidente está na gola polo da camisa.

A CAMISA 3
Toda preta, com o escudo no padrão monocromático, contendo apenas os contornos da marca, a camisa é comemorativa em alusão aos anos que o clube ficou conhecido por alvi-negro apartir da década 20, por se apresentar apartir daquela década, com  camisa branca e calções pretos.


A NOVA PEITA - A JOGADEIRA
Camisa nº2 


A jogadeira, camisa tão aguardada pela torcida coxa-branca foi lançada na tarde deste domingo(16/09/12) no jogo contra o Santos. 

A bela camisa remete à conquista do Brasleiro pelo Coritiba de 1985 e honra as tradições  da camisa jogadeira ao longo da história.

A camisa com gola pólo, traz um box verde nas costas [fundo em verde], para facilitar a visualização do número e o nome de cada jogador, além do destaque da logomarca do patrocinador principal do time em 2012.

O desenho da camisa ficou igual ao de um template da Nike.



TEMPORADA  2013
 

Camisa número 1





A nova camisa do Coritiba, vem com as tradicionais listras verdes na horizontal e o escudo centralizado ganhou uma leitura retro. A principal diferença em relação à camisa anterior são nas mangas que agora tem detalhes em verde, da mesma maneira que a Nike já havia feito em outros clubes, assim como na gola que passou a ser redonda em vez da gola polo. 


O novo modelo teve com referência as camisas do Coritiba da década de 70 e que seria uma releitura da camisa de 1973. Naquele ano, o alviverde conquistou o tricampeonato Paranaense, além do Torneio do Povo, que reunia Flamengo, Corinthians, Atlético-MG, Internacional, Bahia.


Camisa Jogadeira



Apesar dos atletas já estarem atuando em partidas oficiais com a camisa número 2, o lançamento desta camisa ainda não aconteceu e o evento para o lançamento da camisa jogadeira ainda não tem data definida.

 





Camisa número 3




A diretoria do Coritiba inovou mais uma vez e para homenagear a maior festa já feita nas arquibancadas do Brasil, quiçá do mundo, lançou na noite desta sexta-feira(09/08) a camisa número 3, ou camisa "Green Hell" uma referência ao espetáculo de fogos de artifício e sinalizadores que a torcida do Verdão costumava fazer em 2009, mas que infelizmente foi proibida pelo Estatuto do Torcedor.




O show da torcida também é lembrado nos detalhes da camisa. Primeiro em grafismo, posicionado na altura da nuca, e depois num desenho personalizado de uma chama em alto relevo acima do escudo do clube, situado na parte do peito. Short e meião preto, com “COXA” assinalado na panturrilha, completam o uniforme.




TEMPORADA 2014

CAMISA 1

A nova camisa do Coritiba para esta temporada não difere das demais camisas dos anos anteriores, ela vem com as duas tradicionais faixas na horizontal, abaixo do peito e que envolvem o escudo do Cori, a gola deixou de ser polo ainda bem -  para ser careca na forma arredondada na cor verde, com as mangas brancas que seguem o padrão NIKE,  tendo bordas largas em verde.



 CAMISA 2 - A  JOGADEIRA

A tradicional "Jogadeira", é um modelo inspirado na camisa principal do Paris Saint Germain, porém diferentemente da camisa francesa, a camisa número 2 do Coritiba vem com duas listras verdes na vertical nas extremidades da camisa e com uma faixa branca bem ao centro, que ocupa um maior espaço na camisa.



CAMISA 3 -  CANARINHO 



Conhecida também como camisa canarinho, a camisa número 3 do Coritiba entrou no clima da Copa e como esse ano o evento mundial será realizado no Brasil, a equipe do Alto da Glória lançou uma camisa muito parecida com a da seleção brasileira. A camisa 3 é singela homenagem  a nossa seleção e tem na sua camisa a cor predominantemente a cor amarela, porém com detalhes em verde e branco nas mangas, remetendo as cores originais do clube.

Usando a tecnologia "Dri-Fit" que extrai o suor do corpo para uma evaporação mais rápida, a camisa também trás um detalhe que faz referência a história COXA; um retângulo verde com a ilustração da bandeira oficial do clube na parte interna da gola com os dizeres: "Nascido pra jogar futebol".


A estréia da camisa 3 foi no Couto Pereira e ocorreu numa sexta-feira, pela 6ª rodada do Campeonato Paranaense,  no dia 14 de fevereiro no jogo contra o Rio Branco, partida esta que o Cori venceu por 2 a 0 com gols de Alex.




por fernando maio