banner

29 de jan de 2012

CORITIBA: Taça Akwaba (Abdian/Costa do Marfim): 1983



No ano de 1983 o CORITIBA foi convidado para disputar um torneio na Africa que reuniu as seleções da Costa do Marfim e da Bulgária, além de dois clubes locais: Africa Sports e Mimosa e regressou ao Brasil com o título conquistado na África, de forma invicta.
O time do Verdão que conquistou a Taça Akwaba contava com: Jairo; Djalma Braga, Aílton, Gardel e Joel; Ednaldo, Mário Sérgio e Ronaldo; Lela, Reinaldo e Luisinho. O técnico era Bolão, que já é falecido.


O Coritiba decidiu o torneio contra o Africa Sports; um combinado de jogadores sub-23 de países africanos, montado para incentivar o esporte no continente, após ter vencido a seleção da Bulgária por 2x0, dois dias antes. Na final, o Cori ganhou por 6x2, e Lela marcou três gols.

Um dos artilheiros do torneio foi Lela que também acabou virando ídolo da torcida africana. Diz a história que os africanos ficavam gritando: "Le-La, Le-La, em coro, o tempo todo. Quando Lela fazia aquelas caretas quando marcava os gols, a torcida ia à loucura. Virou mania lá na Costa do Marfim imitar a careta do Lela e sua forma de comemoração foi destaque nos jornais locais.


O torneio aconteceu na cidade marfinense de Abdijan,  e foi patrocinado por um milionário do país que era dono do hotel onde o Coritiba ficou hospedado. O "patrocinador" pagou ainda uma viagem ao time para as Ilhas Canárias, como prêmio pelo título.
Porém, antes da "viagem prêmio", o Coritiba foi
desafiado pelos búlgaros, que não haviam se conformado com a derrota por 2x0. Coxa e Bulgária foram então fazer um amistoso tira-teima na cidade de Bouaque, também na Costa do Marfim, e o jogo terminou empatado em 1x1. 
 "Voltamos invictos de lá", disse Jairo, que foi o capitão alviverde na excursão. 


JOGOS QUE GARANTIRAM O TÍTULO DO TORNEIO AO CORITIBA

•    15/02/1983 - Coritiba 2 x 0 Bulgária
               • Local : Abdijan (Costa do Marfim)
               • Gols do Coritiba: Reinaldo (2)


•    17/02/1983 - Coritiba 6 x 2 Africa Sports
               • Local: Abdijan (Costa do Marfim)
               • Gols do Coritiba: : Lela (3), Souza(2) e Reinaldo

           
    19/02/1983 - Coritiba 1 x 1 Bulgária
               • Local: Bouaque (Costa do Marfim)
               • Gol do Coritiba: Lela 

Fonte: Helênicos do Coritiba

28 de jan de 2012

CORITIBA: FUTEBOL DE MESA

Na era dos videogames, é cada vez mais difícil convencer um menino a se interessar por futebol de mesa – carinhosamente chamado também de futebol de botão. Quem nunca jogou isso na infância não sabe o que é brincar de verdade.
 O futebol de botão foi mania nacional durante os anos 1970 e 1980. A modalidade surgiu na década de 1930. Foi criada pelo brasileiro Geraldo Décourt, que batizou a novidade de “Celotex” – material usado para fazer os jogadores.

TIME DE 1985

ANOS 80


DESENHOS: Camisas e Jaquetas da Mancha Verde do Coritiba

CORITIBA 5 X 1 Iraty - Paranaense 2012

CORITIBA goleia por 5 a 1, aumenta a série invicta e assume a liderança do Campeonato.
Renan Olivera comemora o 5º gol do CORITIBA

A equipe do CORITIBA entrou na tarde deste Sábado diante da sua torcida, defendendo sua série invicta no Paranaense e goleou a equipe do Iraty por 5 a 1, aumentando ainda mais a marca de não perder no Estadual desde 2010.
O Verdão entrou em campo com seu uniforme tradicional número 1, assim escalado: Vanderlei, Jonas, Demerson, Emerson e Lucas Mendes; Willian Farias, Tcheco, Lincoln, Davi, Rafinha e Marcel iniciaram jogando.

O JOGO
A equipe do Iraty veio fechada e dificultou as ações do CORITIBA quase até a metade do primeiro tempo e as principais jogadas do Cori vinham de bola parada nos pés de Tcheco. Em uma das chanches aos 25min, Willian arriscou um chute de longe, mas a bola saiu. O CORITIBA crescia e começava a aparecer mais ao ataque e outra chance veio com o atacante Marcel que teve duas chances dentro da área, mas também não aproveitou.
Aos 31min, Rafinha cobrou falta para a área, na cabeça do lateral-direito Jonas que acertou a trave. 
Cinco minutos, aos 36' depois o gol viria, após cruzamento de Lucas Mendes pela esquerda, Davi cabeceou na trave, a bola voltou e ele mesmo pegou o rebote e, sem deixar a bola cair, bateu forte abrindo o placar no Alto da Glória. 1 a 0.
O Iraty tentava explorar os contra-ataques, mas esbarrava em suas próprias deficiências e qualidade técnica inferior diante do time da casa.

SEGUNDO TEMPO
As equipes voltaram para a etapa final sem alterações, e se no primeiro tempo o COXA parecia um tanto quanto relapso, no segundo se apresentou mais disposto e foi pra cima e logo aos 2min, Jonas cruzou para Marcel, que desviou de cabeça, o goleiro Alessandro rebateu no pé de Davi, que só teve o trabalho de empurrar para o gol vazio.2 a 0.
Em desvantagem no placar os visitantes, foram pra cima adiantando a marcação no meio do campo e logo depois deram trabalho ao goleiro Vanderlei que quando exigido, fez boas defesas.
Aos 19’, Marcelo Oliveira tira Marcel que não se apresentou bem para a entrada de Leonardo e sacou Davi que apesar dos  dois gols, não reeditou o seu melhor futebol e no seu lugar entrou Renan Oliveira. 

Aos 24min, o Iraty diminuiu, Paraíba recebeu passe de Ademir livre de marcação, o zagueiro Emerson reclamou impedimento, mas não adiantou, o atacante entrou na área e bateu cruzado, Vanderlei ainda tocou na bola, mas a bola foi parar no fundo das redes. 2 a 1.
Não deu nem tempo nem do Iraty comemorar e um minuto depois, aos 25'  o
CORITIBA ampliou. Renan Oliveira que havia entrado no lugar de Davi, recebeu na esquerda dentro da área, driblou o zagueiro e acertou um belo chute no ângulo direito. Um golaço. 3 a 1.
Na última alteração, MO sacou Jonas para a entrada de Jackson e com ele veio o quarto gol do Cori. Aos 27min, após cobrança de falta de Rafinha pela direita para a área, Jackson aparece por detrás da zaga e com a cabeça amplia. 4 a 1.
Com ampla vantagem no placar o Cori valorizou mais a posse de bola e tocava mais, buscando espaços, e com qualidade de quem dominava a partida o Verdão administrava bem o resultado. 
Aos 40min o Iraty ainda assustou com o mal recuo de bola de Tcheco para o goleiro Vanderlei, Maicon Santana quase surpreendeu, mas bateu na rede pelo lado de fora. 
Depois Jackson teve mais uma chance em cobrança de escanteio, mas o goleiro Alessandro do Iraty fez boa defesa.
E aos 46min, Renan Oliveira em grande estilo, aproveita o vacilo da zaga do Iraty, rouba a bola e vai avançando e deixando a marcação adversária para trás e na entrada da grande área, bateu colocado e fez mais um, dando números finais a partida.
CORITIBA 5 a 1.
O destaque novamente foi o meia Rafinha que foi considerado o melhor em campo. 
Com o resultado o time do Alto da Glória assume a liderança com 9 pontos.
O próximo compromisso do Verdão será em Paranavaí na quarta-feira, 1º de fevereiro diante da equipe do ACP, às 22:00.

NOTA DO BLOGUEIRO
O CORITIBA encontrou dificuldades no início do primeiro tempo contra a equipe do Iraty que veio fechada, e após várias tentativas abriu o marcador e que permaneceu assim até o término da primeira etapa.
No segundo tempo a equipe do interior não resistiu a pressão alviverde e foi goleada.
Com a vitória o Coritiba ampliou para 36 partidas sem perder no Estadual, marca essa que iniciou-se em 2010 na vitória contra a equipe do Nacional.
A equipe do Iraty é fraca e a vitória coxa-branca veio ao natural, vitória essa que garante tranquilidade na continuidade do trabalho.
 
[tua camisa alviverde para sempre hei de amar]
 

CORITIBA: Albúm de figurinhas campeonatos

Albúm de figurinhas 1970

Albúm de Figurinhas 1977


Albúm de figurinhas 1979
 

Albúm de Figurinhas 1987
Album de Figurinhas 1988


Albúm de Figurinhas 1989



Albúm de figurinhas 2004



CORITIBA: FUTEBOL DE BOTÃO

CAMPEÃO BRASILEIRO SÉRIE B 2010

CAMPEÃO BRASILEIRO SÉRIE A 1985


CAMPEÃO PARANAENSE 2010

 CAMPEÃO BRASILEIRO SÉRIE B 2010

BI-CAMPEÃO PARANAENSE 2010/2011

CORITIBA - MAIOR DO PARANÁ

CAMISA 99 ANOS


Arte encontrada no Blog do Juca Kfouri em homenagem ao regresso para a Série A


26 de jan de 2012

RELEMBRANDO: CORITIBA X IRATY

CAMPEONATO PARANAENSE DE 2010  CORITIBA 3 X 1 IRATY



CAMPEONATO PARANAENSE DE 2011 
FESTA DA TORCIDA EM IRATI  
VERDÃO VENCEU O JOGO POR 4 A 2

25 de jan de 2012

CORITIBA 2 X 0 C.Paranaense

No reencontro com sua torcida no Couto Pereira o Coritiba manteve o tabu de 35 partidas invictas (19 vitórias consecutivas) em campeonatos paranaenses e venceu a equipe do C.Paranaense por 2 a 0. Gols de Linconl e Marcel.
Marcel comemorando o 2º gol selando a segunda vitória do Cori no Estadual
A equipe do CORITIBA voltou a apresentar um futebol regular na noite que reencontrou sua torcida, mas fez o dever de casa e venceu a equipe de empresários do Corinthians Paranaense, que no final do ano, por força de contrato, volta a se chamar J.Malucelli.
A equipe do Alto da Glória entrou em campo com seu uniforme tradicional número 1 assim escalado: Vanderlei; Jackson, Emerson, Pereira e Lucas Mendes; Willian, Junior Urso, Rafinha, Lincoln e Davi; Marcel.
Jogando diante de sua torcida o
CORITIBA tentou se impôr, mas quem chegou primeiro foram os visitantes logo aos 3min, com Nelsinho arriscando um chute de fora da área, mas Vanderlei fez boa defesa. Só aos 8min, o CORITIBA apareceu com o meia Willian em chute da intermediária, mas que acabou indo pela linha de fundo.
O
CORITIBA ainda perderia outra chance com o meia Linconl aos 17min, depois de cruzamento de Rafinha.
Apesar do CORITIBA estar um pouco melhor que o adversário, o jogo seguia morno e as equipes insistiam na forte marcação. Enquanto o CORITIBA adiantava a sua marcação, os visitantes tentavam com os contra-ataques, mas pecavam pela ansiedade, apesar do bom entrosamento de seus atletas.
O primeiro gol da partida só veio aos 30min., após cruzamento de Rafinha, em cobrança de falta, o goleiro Colombo tira a bola e o camisa 10 Linconl bem posicionado e sem marcação, emenda de primeira, uma bomba abrindo o placar no Couto Pereira. 1×0.
Com a vantagem no placar o Verdão aumentou a pressão e num cruzamento de Rafinha(sempre ele) o Coxa quase aumenta aos 36min em cabeceio de Marcel, mas a bola saiu pela linha de fundo.
Depois aos 42min, em cruzamento de Jackson, Marcel acerta a travessão e a bola sai depois de tocar a linha.
Os visitantes ainda tiveram uma chance no final do primeiro tempo, mas o jogador bateu fraco, em cima de Vanderlei, que saiu do gol, evitando o empate.
No segundo tempo, as equipes voltaram sem alterações e foi o Corinthians Paranaense que tomou a iniciativa e foi pra cima do Coxa. Com maior posse de bola, e tocando bem a bola, os visitantes chegaram a pressionar a equipe do Alto da Glória que não se encontrava em campo.
O treinador alviverde percebeu que a equipe estava desgastada e aos 20min, fez duas substituições. Tirou Davi e colocou Everton Costa. Depois, trocou o volante Júnior Urso para a entrada de Tcheco.

Mas somente aos 27min o Coxa apareceu com uma boa jogada, Rafinha entrou na área driblando os adversários e emendou o chute, para a boa defesa do arqueiro alvi-negro. A última substituição de MO foi tirar o desgastado Lincoln para colocar o jovem Renan Oliveira. Logo depois num contra-ataque os visitantes quase empataram, Safira arriscou de fora da área e a bola explodiu na trave, no rebote, Bruno Menezes manda pra fora.
Aos 35min, Tcheco é derrubado dentro da área. Marcel pede a bola e na cobrança, manda por cima. Só dava CORITIBA, que perdia muitas chances.
No final, o Coxa insistia nos contra-ataques e após um lançamento em profundidade, Rafinha recebeu, driblou dois zagueiros, tocou para Marcel, que retornou para o meia, que chutou, mas Colombo salvou o segundo gol alviverde.
E como no primeiro jogo diante do Toledo, o CORITIBA selou sua segunda vitória no finalzinho.
Aos 45 minutos, Marcel se redimiu. Depois do cruzamento de Lucas Mendes pela esquerda, o atacante de cabeça mandou a bola para o fundo das redes, voltando a marcar para a equipe que o revelou, depois de quase 10 anos, quando o futebol coreano foi o seu destino,  em 2003.
Com o resultado o Coxa chega aos 6 pontos e segunda posição no Paranaense.
O próximo compromisso do Verdão será novamente no Alto da Glória diante de sua torcida, dia 28/01, sábado às 17:00 diante da equipe do Iraty.


NOTA DO BLOGUEIRO
O Coritiba apesar do futebol ainda regular, apresentou leve melhora, tocando mais a bola, saindo mais pelos lados do campo, com Lucas Mendes e principalmente Jackson apoiando mais ao ataque, com os volantes Willian e Urso ficando mais na proteção da zaga.
O campeonato está apenas começando, e o futebol está bem abaixo do que a torcida espera, mas o importante é que o Cori venceu, garantiu os 3 pontos e segue na co-liderança da competição, o que é fundamental. 


[tua camisa alviverde para sempre hei de amar]

23 de jan de 2012

TOLEDO 0 X 2 CORITIBA - Paranaense 2012

Coritiba larga com vitória no Estadual e vence por 2 a 0 a equipe do Toledo.
34 partidas seguidas sem derrota em Paranaenses e 18 vitórias consecutivas no torneio regional. Foi assim que o CORITIBA iniciou sua trajetória rumo ao TRI, ampliando ainda mais sua sequência sem derrotas no certame estadual.
A equipe coxa-branca entrou com seu tradicional uniforme número 1, assim escalado: Vanderlei, Jackson, Pereira, Emerson, Lucas Mendes, Willian, Junior Urso, Lincoln, Rafinha, Davi e Marcel.
No primeiro lance aos 2:40min o Coritiba marcou o seu gol. A bola foi lançada na área, a zaga do Toledo cortou e a bola sobrou para Rafinha, que bateu forte, e abriu o marcador. 1×0. 
O placar permaneceu favorável ao Coritiba até o fim da primeira etapa que não fez por merecer a ampliação do "score", devido a diversos fatores; dentre eles, à falta de ritmo de jogo, falta de entrosamento, o início de temporada, preparação física abaixo do ideal, e até ausência de certa qualidade técnica, mesmo assim a equipe do Alto da Glória soube conduzir o jogo e administrar o resultado da partida.
A equipe do Toledo muito esforçada tentou sem sucesso o gol de empate ainda na primeira etapa, mas esbarrou em seus próprios erros e baixa qualidade técnica.
Na segunda etapa, o Verdão retornou sem mudanças e a equipe do Toledo melhorou e chegava a meta alviverde, mas nada que o arqueiro Vanderlei não resolvesse com tranquilidade.
O jogo seguia sem objetividade e sem inspiração ofensiva, observando isso o técnico MO promoveu as seguintes alterações: saíram Davi e Lincoln para a entrada de Renan Oliveira e Éverton Costa.
Assim como Linconl, tido como principal contratação do ano, mas que teve um desempenho apagado na sua estreia, agora foi a vez de Marcel, também tido como uma das esperanças de ser o "homem-gol" em 2012, mas que pouco apareceu na partida realizada em Toledo. Devido a apresentação apagada, Marcel deu lugar ao angolano Geraldo aos 31min.
A equipe do oeste teve ainda duas oportunidades em chute de fora da área, mas para fácil defesa do goleiro Vanderlei. 
Depois em cobrança de escanteio o capitão Pereira cabeceou pela linha de fundo, e a bola passou perto da trave. 
Aos 36 minutos Rafinha, cobra escanteio e o zagueiro Pereira tenta de cabeça, mas a bola vai pela linha de fundo, num dos poucos momentos do ataque alviverde.
E aos 44min, Rafinha novamente em cobrança de escanteio acha o EMERSON, que cabeceia para o fundo das redes, dando números finais a partida. 2 x 0.
NOTA
Para um time que foi a sensação da temporada em 2011, a apresentação regular com um futebol abaixo do esperado, e a forma como venceu uma equipe que foi a 2º colocada na Série Prata ano passado, chega a frustrar certa parte da torcida, mas se serve de consolo, tal desempenho pode ser fruto do que já foi dito nesse artigo, início de temporada e falta de entrosamento.
Fica a expectativa para um aperfeiçoamento coletivo nos próximos jogos, porém largar com vitória e garantir os 3 pontos é sempre válido.

O próximo compromisso do Verdão será na quarta-feira, 25/01 às 19:30 no Couto Pereira frente a equipe do Corinthians Paranaense.

[a tua camisa alviverde para sempre hei de amar] 

21 de jan de 2012

CORITIBA: DA SÉRIE JOGOS INESQUECÍVEIS

ACERVO PARTICULAR
Paquito ao centro e Tião Abatiá à direita. O atleta ao lado esquerdo a Revista não revela.


Confira como foram os gols da partida, sendo o terceiro gol coxa-branca um golaço.

19 de jan de 2012

Time reserva do Coritiba perde jogo treino

O técnico Marcelo Oliveira usou os reservas na tarde desta quinta(19) para enfrentar em jogo-treino a equipe coreana Daegu e que vinha fazendo seus treinos do próprio CT do Coxa em Curitiba e o resultado foi um surpreendente 3 a 1 para a equipe oriental.
Segundo o treinador a intenção de usar os reservas foi de poupar os titulares para o início do Paranaense que inicia neste domingo dia 22 contra a equipe do Toledo.
O Coritiba entrou assim escalado: Edson Bastos; Gil, Demerson, Lucas Claro e Eltinho; Artur, Emerson Santos, Tcheco e Renan Oliveira; Geraldo e Everton Costa

No primeiro tempo, o Alviverde saiu na frente e abriu o placar com uma cabeçada de Demerson. A  equipe sul-coreana empatou ainda na primeira etapa em uma cobrança de falta de Matheus, ex-Avaí.1x1
Na etapa final saíram Geraldo e Arthur para as entradas do atacante Leonardo e o lateral-direito Jonas. Marcelo Oliveira processou ainda outras alterações, Vanderlei, Lima, Rafael Silva e Caio Vínicius entraram no lugar de Edson Bastos, Tcheco, Everton Costa e Renan Oliveira, porém as alterações não surtiram efeito e quem acabou comemorando foi a equipe coreana.
A virada veio em  um lance de falta cobrada por Chang Ho, a bola bateu no travessão e Heng Soo completou, virando a partida em Foz do Iguaçu.
Por fim, o próprio Chang Ho fechou o placar em um bonito chute de fora da área. 3 x 1 para os asiáticos.

OPINIÃO DO BLOGUEIRO


Lamentável senhor pardal, escalar uma equipe reserva sob a desculpa de poupar os titulares para o início do Campeonato Paranaense ? E a pré-temporada serve pra quê ? Para os atletas e comissão técnica conhecerem as cataratas ? Poupar os titulares para esse campeonatinho fajuto, desmoralizado e sem crédito, onde nem a Federação consegue organizar ? Ahhh por favor né ? E olha que até alguns titulares entraram no jogo. E qual vai ser a desculpa?
Olha seu Marcelo Oliveira se for pra ser medroso desta forma esse ano, como foi em 2011, melhor ir embora antes que seja tarde. 

[tua camisa alviverde para sempre hei de amar]

FOTOS PANORÂMICAS NA TORRE DO COUTO PEREIRA

Meu primo, Douglas, fiel torcedor COXA-BRANCA presta serviço na Radio Club Paranaense como Instalador, coordenador e orientador do sistema de computadores em jogos onde a Club transmite jogos do Cori. Nessas fotos ele e demais companheiros estão na torre  do estádio fazendo a instalação.


17 de jan de 2012

O CAMPEONATO PARANAENSE


O Campeonato Paranaense de Futebol é o principal torneio de futebol profissional do Estado, sendo organizado pela Federação Paranaense de Futebol.

História

O Campeonato Paranaense tem sido disputado ininterruptamente desde a sua primeira edição, em 1915 quando o extinto Internacional conquistou seu primeiro e único título. Desde então, os clubes da capital tem dividido domínio da competição e apenas por oito vezes o título ficou longe da capital. 

2002

E o tri que não aconteceu
No ano de 2002 o Campeonato Paranaense foi disputado apenas pelas equipes do Interior, já que o TRIO DE FERRO da capital juntamente com a equipe do Corinthians Paranaense na época Malutron, disputavam o torneio Sul-Minas, porém, mesmo sem os grandes da capital, o Paranaense de 2002 foi realizado e o campeão daquele ano foi a equipe do Iraty.

Após regressarem do torneio regional, a FPF realizou o "Super Campeonato Paranaense" contando com os 4 melhores colocados do Campeonato Paranaense mais os outros 4 que estavam na Sul-Minas e formaram dois grupos de quatro, sagrou-se campeão o time da baixada.
O time "deles" alega que com esse título a equipe da baixada conquistou seu primeiro Tri-Estadual, mas na verdade, a validação desse suposto TRI é constestada, já que o Campeonato Paranaense é uma coisa e foi vencido pela equipe do Iraty e o Super
Campeonato Paranaense foi outra coisa sendo disputado apenas uma vez na história.
Com isso o Campeão Paranaense de 2002 é a equipe do Iraty e a equipe campeã do Super Campeonato Paranaense é o time da baixada.


O ÚLTIMO CAMPEONATO
O último campeão foi o Coritiba e conquistou o torneio de forma invicta com uma rodada de antecedência, goleando o maior rival por 3 X 0 na Arena da Baixada.
Assim o time do Alto da Glória aumentou ainda mais a distância para o segundo em títulos do Estado, conquistando seu 35º título estadual confirmando a supremacia no Estado, além de ser o único time em atividade a ter um HEXA-CAMPEONATO, já que o extinto Britânia também tem um HEXA, no perído compreendido de 1918 à 1923.
O A.Paranaense vem em segundo lugar com 22 títulos e a equipe do Paraná Clube com 7 tíulos estaduais.
 
Segue a lista de todos os campeões do Estado do Paraná

O maior artilheiro do Campeonato é Duílio do Coritiba com 31 gols na temporada de 1960 e o vice-artilheiro é Alcântara do Campo Mourão na edição de 1991 com 30 gols.

2012
A 98ª edição do Campeonato Paranaense deste ano começa no dia 22 de Janeiro e contará com 12 participantes e será desde 1990, o primeiro campeonato que não contará com a presença de um dos três clubes do TRIO DE FERRO, já que o Paraná Clube foi rebaixado à Divisão de Acesso do Campeonato.
O Campeonato conta também com a volta da tradicional equipe do Londrina após dois anos na Segunda Divisão e que também já conquistou o campeonato em três oportunidades, 1962, 1981 e 1992.
Quem retorna também é a equipe do Toledo vice-campeã da Série Prata.

OS PARTICIPANTES DA 98ª EDIÇÃO DO CAMPEONATO PARANAENSE DE 2012 SÃO OS SEGUINTES:
Conforme classificação do último campeonato
  • CORITIBA, atual campeão;
  • Atlético Pr, vice;
  • Operário, 3º colocado;
  • Cianorte, 4º;
  • Arapongas, 5º;
  • Roma, 6º;
  • Paranavaí em sétimo;
  • Iraty oitavo lugar;
  • Corinthians Paranaense em 9º;
  • Rio Branco em 10º;
  • Londrina, 1º lugar na divisão de acesso e
  • Toledo que terminou em 2º na divisão de acesso e garantiu vaga.

    Assim como o Paraná Clube, o Cascavel também foi rebaixado para Segunda Divisão Paranaense.