banner

27 de jul de 2011

HISTÓRIA - NASCE O atle-TIBA



O primeiro jogo oficial
O primeiro confronto entre CORITIBA e CAP ocorreu em 20 de abril de 1924, numa partida de trinta minutos. O
CAP levou a melhor: 2 a 0, gols de Ary e Motta. No entanto a validade desse resultado é contestada e não se tornou válida, pois não se tratava de uma partida oficial com noventa minutos de duração. Sendo assim, o primeiro atle-TIBA oficial aconteceu no Campeonato Paranaense de 1924, no dia 8 de junho. O CORITIBA venceu por 6 a 3, com quatro gols de Ninho.
 
Nasce a rivalidade

Inicialmente, a rivalidade tinha base nas origens destes clubes, com cada um deles representando uma camada social, sendo o CORITIBA o clube dos alemães. A própria fundação dos clubes tem certa dose de competição, já que os fundadores do Internacional, um dos clubes que deram origem ao CAP, eram dissidentes do Coritibano, que mais tarde se transformou no CORITIBA.

Porém, historiadores e estudiosos do maior clássico do Estado dizem que a origem de toda a rivalidade existente entre os dois times começou a florir num jogo amistoso. A loja de calçados "Fox" propôs para
CORITIBA e CAP a disputa de um amistoso cujo vencedor receberia uma singela taça. A partida terminou empatada em 1 a 1, com o alviverde assinalando seu gol de empate nos minutos finais da partida. A gana das equipes em busca do troféu foi tão grande ao ponto de que muitos atribuem a este fato o início da rivalidade entre os dois clubes. Como não houve vencedor, nova partida foi marcada. Resultado: 4 a 4. Na terceira partida, em pleno estádio da Baixada do Água Verde, (primeira casa do CAP, com gol do meia Ernesto, o CORITIBA venceu por 1 a 0 e levou a taça para casa. As partidas foram disputadas nos dias 06/09/1925, 20/02/1927 e 20/03/1927, respectivamente.


Fotos de clássicos históricos
NINHO - Primeiro coxa-branca a marcar gol  "neles" e maior carrasco.

1968
1970
1972





Fim anos 70 ou começo anos 80
Inicio anos 80

Anos 90

Anos 2000
CLÁSSICO ATLETIBA O MAIOR DO PARANA
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário