banner

25 de out de 2012

Fluminense 2 x 1 CORITIBA

Coxa luta até o fim, mas 
não segura Flu
Coxa joga bem, mas perde  depois de 6 jogos
por 2 a 1 para o Fluminense

O Coritiba entrou em campo no esquema 4-5-1 com seu "contestado" uniforme número 3 assim escalado: Vanderlei; Victor Ferraz, Luccas Claro, Escudero e Dênis; Willian, Gil, Everton Ribeiro, Lincoln e Rafinha; Deivid.

O time alviverde começou bem a partida indo pra cima da equipe carioca, adiantando a marcação e pressionando a saída de bola dos donos da casa, porém pecava nas finalizações e errava muitos passes. Já o Fluminense tentou acuar a equipe coxa, mas sentiu a forte marcação do time do Alto da Glória e também errava muitos passes.

Aos 14' bobeira incrível de Deivid, o atacante tentou passar para Willian, que não conseguiu chegar na bola, Nem aproveitou e avançou, Escudero ainda tentou parar o lance com falta, mas não conseguiu, o atacante do Flu não perdeu e mandou para as redes. 1 a 0 Flu.

Depois do gol, a equipe coxa-branca sentiu o golpe e não conseguiu sair do campo de defesa, sentindo a forte pressão da equipe carioca e somente aos 30' deu seu primeiro chute a gol com Willian.

O time do Alto da Glória ainda teve duas chances de empatar.

Uma com Luccas Claro que perdeu na cara do gol,  mas o goleiro salvou o Fluminense e depois com Everton Ribeiro que perdeu a melhor chance de empatar, após receber a bola do meia Rafinha e ficar cara a cara com Cavalieri, o meia não conseguiu pegar bem na bola.

SEGUNDO TEMPO

O Coxa voltou o mesmo para etapa final e começou no mesmo ritmo indo pra cima da equipe carioca, com maior posse de bola no setor ofensivo, mas novamente pecou nas finalizações e mesmo estando melhor que o time da casa, acabou levando o segundo gol.

Aos 25' contra-ataque mortal do Flu, Wellington avançou pela direita, driblou Dênis e cruzou, Vanderlei mal colocado, viu a bola passar por cima, para chegar em Thiago Neves, sozinho, livre de marcação, cabecear e ampliar para 2 a 0.

O Coxa não sentiiu o segundo gol e foi pra cima pra tentar diminuir mas desperdiçou muitas chances claras de gol, uma delas, com Rafinha, que em bela jogada pela esquerda chutou e encobriu o goleiro, mas Bruno, numa bicicleta sensacional, salvou quase em cima da linha.

Aos 31' - depois de muita demora - a primeira substituição no Coritiba. Saiu Vitor Ferraz para a entrada de Raúl Ruidiaz que ainda não mostrou seu futebol.

Em seguida, Rafinha cobrou escanteio, Luccas Claro cabeceou, mas Lincoln perdeu a chance na frente do gol.

Aos 32', nova substituição. Saiu Denis e entrou Pereira

Aos 35' de tanto pressionar o Coxa diminuiu. Rafinha recebeu livre na direita, serviu Deivid, que chutou em cima da zaga e de Cavalieri que espalmou fraco, depois da confusão, a bola sobrou para Everton Ribeiro que estufou as redes e diminuiu para o Coxa. 2 x 1

Daí pra frente, o time alviverde promoveu uma verdadeira blitz pra cima do Flu que se fechou todo na defesa e se segurava como podia.

Aos 42' saiu Gil e entrou Anderson Aquino em seu lugar.

No final a equipe da casa segurou bem a bola no ataque e conseguiu no sufoco garantir a vitória e mais três pontos.

O JOGO

Um primeiro tempo bom para o Coxa até levar o primeiro gol,  depois demorou pra se reencontrar em campo.

Um segundo tempo também muito bom, jogando pra frente, sem medo, mas quando jogava melhor sofreu o segundo gol. Depois diminuiu faltando 10 minutos e apesar das várias chances de empatar o jogo, o Fluminense suportou bem a pressão e garantiu a vitória.

O Coxa foi guerreiro, se portou bem ofensivamente, mas pecou em alguma finalizações e além da qualidade técnica do Fluminense, também viu a sorte sorrir para os donos da casa, que tem todas as condições de ser o campeão brasileiro desta edição.

Com a derrota o Coxa cai duas posições e fica em 12º. Se tivesse pelo menos empatado aquele jogo contra o Sport na Ilha do Retiro, e ficaria na mesma posição quando iniciou a rodada.

O próximo compromisso do Verdão, será dia 04/11, no outro domingo,  quando recebe no Couto, a equipe do Atlético Mineiro, às 19:30.


[tua camisa alviverde com orgulho para sempre hei de amar]

Nenhum comentário:

Postar um comentário