banner

11 de out de 2012

Palmeiras 0 x 1 CORITIBA

O troco no campo
Com sabor de revanche Coritiba vence o Palmeiras 
por 1 a 0 e afunda ainda mais o Porco

Jogando no esquema 4-5-1 o Coritiba entrou em campo com seu uniforme tradicional número 1 assim escalado: Vanderlei, Vitor Ferraz, Luccas Claro, Cleiton, Everton Ribeiro, Denis Mendes, Lincoln, Willian, Gil e Rafinha. Deivid.

O Coxa foi até Araraquara com uma proposta de jogar no erro dos palmeirenses, cadenciando o jogo e tentando explorar os contra-ataques.

A partida foi marcada pelo nervosismo de ambas as equipes que lutam para sair da situação incômoda na tabela e adotando uma postura em jogar recuado, principalmente no segundo tempo, o Coxa procurou perigosamente administrar o resultado, já que em outras partidas, perdeu o jogo no fim.

Um primeiro tempo fraco e de baixa qualidade técnica, com poucas chances de gols para as ambas equipes.

O zero a zero no placar foi resultado do que as equipes apresentaram no primeiro tempo.

SEGUNDO TEMPO

O Coxa volta o mesmo sem alterações.

Aos 22' cruzamento para o meio da área. Obina, sozinho, chegou a mandar para as redes de Vanderlei, mas o árbitro assistente assinala impedimento no lance.

Aos 30' Rafinha fez jogada sensacional pela direita, escapou da marcação e cruzou para Deivid, que em posição legal, marca o gol do Coritiba. O árbitro porém de forma equivocada anula a jogada, alegando impedimento. 

Mas aos 43', não teve jeito. Após falha de Correa, a bola sobrou para Everton Ribeiro, que tentou o drible e foi derrubado por Maurício Ramos dentro da área. PÊNALTI. 
Deivid foi para cobrança e marcou aliviando o Coritiba e sua torcida e aumentando a agonia do Palmeiras, e dando o troco no campo, com gosto de revanche depois do vergonhoso título da Copa do Brasil que a equipe do Palmeiras conseguiu conquistar com a ajuda extra-campo.

Análise

Um jogo dramático, nervoso, com ares de revanchismo pelo menos por parte da torcida do Coritiba, já que o título da Copa do Brasil, foi ROUBADO do Alto da Glória e essa saborosa vitória por 1 a 0 no fim, não pode ser considerada um título, mas pode sim ser COMEMORADA e muita e ter a certeza que certas coisas se conquistam com HONRA, coisa que o Palmeiras não teve quando "conquistou" o título da Copa do Brasil deste ano de forma duvidosa e vergonhosa.
Vitória Coxa com sabor de revanche.

O próximo compromisso do Verdão, será domingo dia, 14/10, quando recebe no Couto Pereira a equipe do Bahia, às 16:00


[tua camisa alviverde com orgulho para sempre hei de amar]


Nenhum comentário:

Postar um comentário