banner

23 de jun de 2017

GRÊMIO 2 X 0 PACHEQUINHO

 PACHEQUINHO ESCALA MAL E CORITIBA PERDE PARA O GRÊMIO

Derrota pode ser creditada ao técnico Pachequinho que escalou mal, e quando fez as alterações mexeu errado.


Escalação 4-3-3


O início do primeiro tempo foi dominado pelo Grêmio em virtude do técnico Pachequinho ter escalado mal o time. Quando saiu Allan Santos lesionado e entrou Tiago Real, ele deu mais qualidade na meia cancha e equilibrou a partida.

Mesmo assim em duas falhas individuais, primeiro Henrique Almeida que no momento de puxar o ataque perdeu no meio de campo e proporcionou o contra-ataque ao time gremista.

Depois na frente, Luan furou a defesa e deu assistência para Pedro Rocha que passou por Dodô e abriu o marcador. 1x0. aos 10'.

O Coritiba equilibrou a partida depois da entrada de Tiago Real, e após primoroso lançamento de Willian Matheus, Matheus Galdezani quase empatada a partida, mas o arqueiro gremista fez boa defesa.


No segundo tempo, o técnico Pachequinho repetindo os mesmos erros das partidas anteriores, demora demais pra mexer e o time volta o mesmo.

O Coritiba voltou melhor e a bem postada zaga coxa-branca anulava a boa equipe do Rio Grande do Sul. A equipe sulista estava nervosa pois não conseguia furar o sistema defensivo alviverde, errando muitos passes e possibilitando contra-ataques para a equipe do Alto da Glória.

O Coxa chegou até pressionar, mas a noite era tricolor mesmo e aos 39' Luan novamente, em mais uma assistência, desta vez para Fernandinho, que dominou e chutou forte na esquerda para decretar a vitória dos gaúchos na Arena Grêmio. 2 a 0.


ALTERAÇÕES

Aos 25' do primeiro saiu Allan Santos lesionado, para a entrada de Tiago Real.

No segundo tempo, aos 24' saiu Jonas para a entrada de Iago.

E aos 28' saiu Dodô para a entrada e estréia de Léo na lateral.


O JOGO

A derrota pode ser creditada ao seu Técnico Pachequinho que tem um bom elenco na mão, mas não está sabendo montar um time com qualidade e competitivo.

Vem demorando demais para fazer as alterações, geralmente aos 30' e quando faz, faz as alterações erradas. Já começou errando escalando Allan Santos em vez de Tiago Real, tanto que na substituição o Coritiba equilibrou a partida.

Depois tirou Jonas, para a entrada de Iago. Assim, o Coxa perdeu o meio campo e possibilitou que o Grêmio tivesse domínio no meio de campo.

Alecssandro
não mostrou a que veio. Dispensado pelo Palmeiras, é muito lento, um peso morto em campo e não cria nada. 

Dodô amador, não marca, não cria, não cruza, não dribla, perde todas as jogadas e ainda possibilita contra-ataques para o adversário. E isso não só na partida de ontem, pois suas más atuações vem se repetindo a vários jogos.

Matheus Galdezani, depois que renovou contrato, caiu assustadoramente de produção e não conseguiu mais repetir as boas atuações.

Henrique Almeida
não fez nada em campo, perdendo jogadas, errando passes, sendo impreciso em suas finalizações. Um verdadeiro show de horrores. Estava numa noite muito ruim.

Iago
que poderia ser a esperança de empate no segundo tempo, porém entrou mal e foi uma sombra do que já apresentou no Coritiba.

Ou seja, um time amontoado no meio de campo, sem criatividade, desorganizado, que não consegue criar jogadas de efeito e de perigo ao adversário. Todas essas más qualidades se deve ao técnico Pachequinho que não está sabendo montar a equipe, e fazer as alterações corretas quando necessário, apesar de ter um bom elenco na mão.

O próximo compromisso do Coritiba, será domingo, dia 25/06, às 16:00, quando vai a Minas enfrentar a equipe do Cruzeiro.


"Tua Camisa Alviverde com orgulho para sempre hei de amar"




Nenhum comentário:

Postar um comentário