banner

3 de jun de 2017

CORITIBA 1 X 0 ATLÉTICO PR


Coxa faz dever de casa 
e bate rival no Couto Pereira

Vitória Coxa-Branca com gol de zagueiro


ESCALAÇÃO  4-3-3


O jogo

Um primeiro tempo apático do Coritiba que pouco criou e não levou perigo ao gol de Weverton. Já o time da baixada com maior posse de bola foi superior tendo mais chances de gol e só não saiu vencedor da primeira etapa, graças as boas intervenções do goleiro Wilson.

No segundo tempo, o técnico Pachequinho processou duas alterações. Rildo no lugar de Beto Berola já no início da segunda etapa e mais tarde, aos 11' saiu Tomas Bastos para a entrada de Tiago Real que deu mais qualidade na meia cancha alviverde.



A postura do Coritiba mudou da água para o vinho. Foi superior na maior parte do tempo, com maior presença na área do adversário e acuando o time da baixada em seu campo.

Pressionando o rival, o gol não demorou a sair.

Aos 16' 
Tiago Real faz excelente cobrança de falta pela direita e manda na cabeça de Marcio, que desviou para as redes e abriu o marcador no Alto da Glória.



O resultado e o jogo

Não gostei da postura do time no primeiro tempo que errava muitos passes, não conseguia criar e nem chegar com perigo ao gol atleticano.

No segundo tempo foi superior, criou mais, tinha mais domínio de bola, levando mais perigo ao gol atleticano e após o gol passou a administrar o resultado.

O resultado foi importante por tratar-se de um clássico, jogando em casa e pela soma de mais 3 pontos na tábua de classificação, somando assim nove pontos em quatro jogos. 


O que é importante num campeonato longo e de pontos corridos como é o Campeonato Brasileiro.

No 3º confronto contra rubro-negros no campeonato a equipe alviverde somou 9 pontos.

A torcida 

Apesar do Coritiba estar em melhor fase que o rival, o atle-TIBA teve um público pequeno com pouco mais de 15 mil pagantes.



O próximo compromisso do Verdão será na quarta-feira, dia 07/06 às 19:30, quando recebe a equipe do Palmeiras no Alto da Glória !


"Tua camisa alviverde com orgulho para sempre hei de amar"


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário