banner

6 de mai de 2012

A.Paranaense 2 x 2 CORITIBA - Decisão 2012

TUDO IGUAL NA VILA NO PRIMEIRO JOGO DA DECISÃO
Coritiba sai na frente, permite a virada do time da baixada e no fim empata a partida em 2 x 2. Quem vencer a próxima partida, será declarado campeão.

O JOGO

Depois da incompetência declarada dos orgãos responsáveis nos dois primeiros atle-TIBAS, onde só foi permitido a presença de uma das torcidas, o terceiro confronto das equipes nesse ano, desta vez, pôde felizmente contar com a presença de ambas torcidas, para deixar o espetáculo mais belo e preservar as antigas tradições do maior clássico do Estado.
Saudado por seus fiéis torcedores que compareceram em bom número na Vila Capanema, o Coritiba entrou em campo, com seu uniforme tradicional número, porém com calções brancos assim escalado: Vanderlei, Gil, Emerson, Demerson, Lucas Mendes, Junior Urso, Djair, Tcheco, Lincoln, Everton Ribeiro e Roberto.

O Coritiba entrou com um sistema mais cauteloso, com 3 voltantes e no início da partida, detinha maior posse de bola e saiu na frente aos 19 minutos com Everton Ribeiro. O meia recebeu na intermediária, foi avançando, passou por Bruno Costa e bateu da entrada da área. A bola morreu no cantinho direito de Vinícius, que nada pode fazer. 1 x 0.
Com o gol a equipe relaxou e chamou o time da baixada para seu campo e o gol de empate saiu 6 minutos depois em falha da zaga do Coritiba. Ligüera cruzou para Bruno Furlán, o atacante errou o chute e depois do bate e rebate a bola sobrou para Bruno Mineiro, que mandou para as redes e empatou a partida 1 x 1.

Embora fosse o Coritiba que teve mais posse de bola, o time da baixada levava perigo ao gol de Vanderlei, que no primeiro tempo quando acionado cumpriu com seu papel, fechando a meta alviverde.

SEGUNDO TEMPO

O Coritiba voltou o mesmo, sem modificações e caiu muito de produção, porém aos 6min, chegou com Roberto. Everton Ribeiro chegou bem pela esquerda e fez o cruzamento rasteiro. Ninguém do rival cortou, mas o atacante chegou atrasado na bola e perdeu chance incrível de ampliar.

Aos 9min o castigo, Ricardinho mandou a bomba de fora da área e Vanderlei falhou, pois em vez de encaixar a bola, o arqueiro alviverde espalmou para frente. Ligüera aproveitou, chegou antes que o goleiro e empurrou para o gol. Era a virada do time da baixada. 2 x 1.

Somente após a virada, o técnico Marcelo Oliveira resolve mexer na equipe, mas somente aos 14min, e faz duas alterações ao mesmo tempo, primeiro tirou Djair, para a entrada de Anderson Aquino e na sequência tirou Lincoln para a entrada de Renan Oliveira. 

O placar não era bom para o Coxa, e as alterações surtiram efeito, e o Coxa foi pra cima, e emendou uma sequência de quatro cruzamentos na área.
Aos 27min Marcelo Oliveira promove a última e "desesperada" alteração, saiu Júnior Urso e entrou Marcel  
Aos 31' quase o gol do empate. Renan Oliveira cruza na área, Marcel completa de primeira e Vinícius salva o gol. Na sobra, Anderson Aquino tenta de letra e joga pela linha de fundo.
De tanto pressionar, o gol de empate saiu.
Aos 34min, Emerson foi ao ataque, o zagueiro rolou a bola para Anderson Aquino. O atacante bateu colocado de primeira, da entrada da área, no cantinho esquerdo de Vinícius, para definir o placar na Vila Capanema em 2 x 2. 
Bom para o Coritiba, que decide em casa semana que vem, e precisa de uma vitória simples para conquistar o sonhado Tri-Campeonato.

TORCIDA COXA-BRANCA APOIANDO O TIME NA VILA

Click na foto pra ver em tamanho real


FICHA TÉCNICA
CAP 2 X 2 CORITIBA


Local:
Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)
Data: 6 de maio de 2012, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Evandro Rogério Roman
 
GOLS
CAP: Bruno Mineiro, aos 24 minutos do primeiro tempo e Ligüera, aos nove minutos do segundo tempo
CORITIBA: Everton Ribeiro, aos 19 minutos do primeiro tempo e Anderson Aquino, aos 34 minutos do segundo tempo.
 
PÚBLICO : 8.460 pagantes - Total: 9.846  
RENDA : R$ 140.090.000


O próximo compromisso do Verdão será a segunda partida da decisão no domingo, 13/05,  às 16:00, no Estádio Major Antônio Couto Pereira.


[a tua camisa alviverde para sempre hei de amar] 


Nenhum comentário:

Postar um comentário