banner

28 de mai de 2012

CORITIBA 2 X 3 Botafogo

 Coritiba sai na frente 
mas acaba derrotado
Coritiba faz gol relâmpago, mas cede a virada e acaba derrotado na sua estréia em casa por 3 x 2 para a equipe do Botafogo

O JOGO

O Coritiba estreou em casa nesse brasileiro pela segunda rodada do campeonato e após uma longa invencibilidade de 28 jogos, foi derrotado pela equipe carioca. Saudado pela sua fiel torcida, o Coxa entrou em campo com seu uniforme tradicional número 1, assim escalado: Vanderlei, Emerson, Demerson, Jonas, Lucas Mendes, Sergio Manoel, Lincoln, Roberto, Everton Ribeiro e Everton Costa.

O Coxa começou em ritmo alucinante e nem deu tempo dos times se esquentarem em campo e antes do ponteiro dar a primeira volta no relógio, Lincoln recebeu na entrada da área, chutou cruzado, e contou com desvio de Dória para sair comemorando o primeiro gol da partida. Coxa 1 x 0. 
O meia alviverde tentou repetir a dose aos quatro minutos, em grande estilo tentando encobrir o goleiro carioca, num toque sutil de letra, mas o goleiro estava atento e espalmou para fora.

Com o placar aberto e favorecendo o Coxa, o time da casa recuou e como se diz na gíria do futebol, deu aquele "apagão" e fazer isso, contra uma equipe rápida e que explora muito bem os contra-ataques, foi mortal.

O Coxa assim chamou o Botafogo para seu campo e sofreu o gol de empate aos 18 minutos.
Herrera trabalha a bola pela direita e cruza para Lucas, que recebe sozinho, domina e fuzila para o gol para deixar a partida empatada no Alto da Glória. 1 x 1.

E para piorar a virada veio e não demorou a acontecer. Aos 25 minutos, Márcio Azevedo cruzou e Vitor Junior só teve o trabalho de empurrar para as redes. Era a virada botafoguense no Alto da Glória. 1x 2 Botafogo.

Depois de um começo arrasador o Coritiba se perdeu em campo e não conseguia retomar o ritmo e terminou o primeiro tempo perdendo de virada.

SEGUNDO TEMPO

Para a etapa final o técnico Marcelo Oliveira promoveu a primeira substituição, saiu o contestado JONAS que foi vaiado por parte da torcida, já que estava perdido em campo, para a entrada de Ayrton. Quando os auto-falantes do Couto Pereira anunciaram a mudança, a torcida presente aplaudiu.
Dono da melhor campanha em casa no Brasileirão do ano passado, o Coxa foi pra cima na busca pelo empate. 
Aos quatro minutos, Everton Costa chutou cruzado e Renan fez bela defesa. 
Após cobrança de escanteio, Demerson desvia de cabeça na primeira trave e Lucas Mendes aparece em velocidade para mandar para a rede. Era o empate COXA. 2 x 2
Aos 15min, o lance polêmico da partida com Roberto que partiu para dentro da área, mas foi travado indo ao chão. O árbitro mandou seguir, para bronca geral da torcida. 
A impressão que se tinha era que a virada era questão de tempo. O Coritiba cresceu na partida e estava mais próximo do terceiro gol. 
Aos 21 minutos, um verdadeiro petardo de Roberto que obrigou Renan a fazer um alinda defesa e ceder escanteio.
Em busca do gol da virada, o Coxa foi pra cima e expôs sua defesa aos rápidos contra-ataques da equipe carioca.
Aos 26min, mais uma substituição na equipe do Coritiba. Saiu Sérgio Manoel para a entrada de Anderson Aquino.
A partida era tensa e com o árbitro, Wilson Luiz Seneme, muito mal na partida, além de mal acessorado. Lances que deixaram a torcida nervosa, onde juiz e assistentes invertiam vários lances de falta, o que deixou o clima nas arquibancadas e do jogo ainda mais nervoso. Depois Roberto que acabou recebendo cartão amarelo por reclamação. 
Aos 35min, última alteração no Coritiba, saiu Lincoln aplaudido para a entrada de Vinícius. Mas de nada adiantou e num rápido contra-ataque o Botafogo matou a partida.
Aos 40 minutos em contra-ataque fulminante, Lucas recebeu em velocidade e chutou na saída do goleiro para definir o placar final. 2 x 3 Botafogo.
Elkeson ainda teve a chance de marcar o quatro, aos 45 minutos, mas parou nas mãos de Vanderlei.

Fim de jogo e o Coritiba amarga sua primeira derrota em casa e continua sem pontuar no equilibrado Campeonato Brasileiro.

PÚBLICO
Público pagante: 14.369
Público total: 16.074
Renda: R$ 203.835,00

A NOTA DESTOANTE
Foi Jonas voltando de contusão, perdido em campo, não sabia se atuava com zagueiro, lateral, volante e atrapalhou toda a equipe, sendo vaiado por grande parte da torcida e considerado o pior em campo, segundo a equipe esportiva da Rádio Transamérica.  

O próximo compromisso do Verdão será no dia 06/06, quarta-feira, no Couto Pereira, às 20:30, quando recebe a equipe da Portuguesa.

[tua camisa alviverde para sempre hei de amar]

Nenhum comentário:

Postar um comentário