banner

16 de mai de 2012

Vitória 0 x 0 CORITIBA - Copa do Brasil

Coritiba empata sem gols contra o Vitória
Coxa e Vitória fazem um jogo movimentado no Barradão, mas não saem do zero no primeiro jogo das quartas-de-final pela Copa do Brasil.
O JOGO
O Coritiba entrou em campo com seu uniforme tradicional número 1, porém com calções brancos assim escalado: Vanderlei; Ayrton, Demerson, Emerson e Eltinho; Júnior Urso, França, Gil e Everton Ribeiro; Everton Costa e Roberto.
O placar fechado não reflete o que foi a partida, já que ambas as equipes desperdiçaram várias chances claras de gols e pelo menos em cinco oportunidades, os atacantes dos dois times ficaram cara a cara com os goleiros.
A novidade no Coritiba, foi a estréia do lateral-direito Ayrton e o volante França, que jogaram pela primeira com a camisa alvi-verde.
A equipe do Vitória começou pressionando, mas errava muitos passes e aos poucos o Coritiba foi se encontrando e conseguiu equilibrar a partida.
O Coxa entrou armado atuando com três volantes, e adiantou a marcação no meio-campo, o que resultou em várias roubadas de bola pela equipe do Alto da Glória, que só não abriu o placar por preciosismo de seus jogadores. Fator que fez a primeira etapa terminar sem gols.
SEGUNDO TEMPO

O Coritiba volta o mesmo, já o Vitória procede suas alterações e precisando fazer o placar, os donos da casa vão pra cima e perdem uma chance atrás da outra. O Coxa responde com Roberto que perde uma chance incrível cara a cara com o goleiro do Vitória.
Aos 17min a primeira substituição. Para dar mais segurança, o técnico Marcelo Oliveira tira Ayrton, e entra o volante Djair. Gil passa a atuar mais pela direita.
Aos 18min, sai o gol. Na cobrança da falta, Neto Baiano desvia de cabeça e manda para o fundo das redes, mas o auxiliar flagra impedimento do atacante do Vitória. Gol anulado
Logo depois, o Coritiba perdeu mais duas oportunidades de abrir o placar, com Roberto e Everton Costa.
Os donos da casa crescem e pressionam o Coxa, o que faz o técnico promover as duas últimas alterações.
Aos 36 minutos, entram Lincoln no lugar de Everton Ribeiro e Sérgio Manoel no lugar de França e já na primeira jogada que os dois participaram quase sai o gol coxa-branca. 
Depois disso, em jogada ensaiada, Gil mandou na trave.
Aos 40min, em cobrança de escanteio pelo Vitória, Neto Baiano desvia de cabeça e Vanderlei com a ponta dos dedos salva o Coxa.
No finalzinho, houve tempo ainda para Neto Baiano balançar as redes novamente, mas não valeu, pois estava novamente em impedimento. Fim de jogo e apesar de chances claras de gol, pelas duas equipes, o placar permaneceu fechado.

NOTA
Apesar do placar não ter saído do zero, gostei da postura da equipe do Coritiba, indo pra cima, buscando o resultado, faltou acertar o último passe pra voltar com um resultado positivo do Barradão, mas em que se pese os gols perdidos também pela equipe do Vitória, o resultado foi justo.
A nota destoante mais uma vez foi Júnior Urso, errando passes e proporcionando contra-ataques ao adversário.

O jogo de volta será na próxima quarta-feira, dia 23/05, no Couto Pereira, às 21:50 e quem vencer avança as semi-finais. Novo empate sem gols, decisão vai para os pênaltis e empate com gols, dá a vaga para a equipe do Vitória.


O próximo compromisso do Verdão será no domingo, dia 20/05, às 16:00 quando estréia pelo Campeonato Brasileiro. A equipe inicia a luta pela conquista do Bi-Campeonato na cidade de Porto Alegre, onde enfrenta a equipe do Internacional no Beira Rio.

[tua camisa alviverde para sempre hei de amar]



Nenhum comentário:

Postar um comentário