banner

8 de abr de 2012

CORITIBA 3 x 1 Cianorte - Paranaense

Coritiba consegue vencer mais uma e se distancia dos concorrentes
O time do Alto da Glória venceu na noite deste domingo a equipe do Cianorte e abriu quatro pontos para o time da baixada.

O JOGO
O Coritiba entrou em campo nesta noite diante da sua torcida com seu uniforme tradicional número um, assim escalado: Vanderlei; Jonas, Demerson, Emerson e Eltinho; Willian, Gil, Tcheco e Rafinha; Roberto e Anderson Aquino e a julgar pelo início da partida, a impressão que se teve era que o primeiro tempo seria emocionante. Logo no primeiro minuto o meia Rafinha, que voltara de contusão, deu um bom passe para Anderson Aquino, mas o atacante concluiu mal.
Depois disso, no entanto, o jogo ficou bastante brigado e nenhuma das equipes conseguia chegar com muito perigo. O Cianorte bem fechado na zaga, chegou a assustar com alguns contra-ataques, já o Coritiba, por outro lado, errava muitos passes e não conseguia concluir as jogadas.
O jogo caminhava bastante morno, até que, aos 30, o zagueiro-artilheiro voltou a aparecer. Tcheco bateu escanteio na área e Emerson, sempre ele, subiu mais alto que todo mundo e abriu o placar no Couto Pereira. 1 x 0. O zagueiro se igualou a Zambiasi(1995-1997) e se tornou o defensor que mais vezes marcou pelo Coritiba, com 18 gols.
Com a vantagem, o Coxa melhorou e tinha maior controle do jogo. O Cianorte, quando chegava, esbarrava na defesa ou em impedimentos. Já no fim, Gil deu um belo passe para Roberto, mas o atacante desperdiçou, pois mesmo chutando forte, o goleiro Fabrício defendeu bem.

 
SEGUNDO TEMPO
A etapa final voltou movimentada e, logo aos oito minutos, o Cianorte deixou tudo igual. Felipe bateu escanteio na área e o zagueiro Ligger cabeceou para o gol. 1 x 1. O empate deixou a torcida bastante impaciente no Couto Pereira.
Após o gol, o Coxa foi para o tudo ou nada e aos 13min grande lance de Rafinha, o meia recebe no interior da área, puxa para a perna direita e tenta a batida colocada. A bola bate na trave esquerda de Fabrício e sai pela linha de fundo.
Aos 14min, Marcelo Oliveira faz sua primeira alteração, saiu Gil e entrou Marcel, depois aos 20min, saiu Eltinho e entrou Everton Ribeiro. As duas substituições efetuadas causaram vaias por parte da torcida. A equipe partiu para o ataque e ainda contou com a expulsão do lateral Fabinho, do Cianorte, para crescer mais ainda na partida.

A partir dos 20 minutos, o jogo ficou praticamente apenas no campo ofensivo do Coxa, que buscava o gol de todos os jeitos. A pressão ficou maior ainda depois que o outro lateral dos visitantes, Jackson, foi expulso.
Aos 24min Marcelo Oliveira processou sua última alteração, saiu Anderson Aquino e entrou Rafael Silva
Com dois jogadores a mais, a vida do Coxa foi facilitada. Aos 30min, Tcheco cobrou falta na área e Roberto desviou para pôr a equipe de novo na frente.2x1 O gol abriu a porteira e, aos 39, Everton Ribeiro ampliou, tranquilizou a torcida, e deu números finais ao jogo. 
 
O próximo compromisso do Verdão será pela Copa do Brasil, jogo da volta, no Couto Pereira, quarta-feira, 11/04, às 19:30, contra a equipe do Asa de Arapiraca.

[a tua camisa alviverde para sempre hei de amar]


Nenhum comentário:

Postar um comentário