banner

29 de abr de 2012

Roma 1 x 3 CORITIBA - Paranaense 2012

Coritiba confirma favoritismo e encerra segundo turno goleando
Garantido na final, Coxa vai até Apucarana com time reserva e vence o Rebaixado Roma por 3 x 1.

Análise
O Coritiba foi até a cidade de Apucarana apenas para cumprir tabela e aproveitou para escalar os reservas em campo, assim como ver a atuação de alguns jovens no elenco profissional, como Tiago Primão, que estreiou pela equipe principal e até quem comandou a equipe a beira do gramado foi o auxliar técnico de Marcelo Oliveira, o Tico, Cleocir Santos e não decepcionou. O Verdão entrou em campo usando seu tradicional uniforme número 1, porém com calções brancos, assim escalado: Edson Bastos, Bernardo, Diego, Luccas Claro, Eltinho, Artur, Djair, Emerson Santos, Renan Oliveira, Rafael Silva e Marcel.

Entrando com o sangue doce, como se fala na gíria do futebol, o Coritiba entrou em campo disperso, meio que tímido, errando muitos passes, abusando dos chutões e a falta de entrosamento acabou comprometendo a qualidade do jogo e a consequência foi sair atrás no placar.
O jogo seguia num ritmo lento até aos 10 minutos, quando o atacante Souza avançou pela esquerda e chutou cruzado. Ele pegou o goleiro Edson Bastos no contrapé, que se preparava para cortar um possível cruzamento e abriu o placar: Roma 1 a 0.
Disposto a encerrar sua Participação na Primeira divisão com honra, a equipe da casa chegou a ser superior ao Verdão na primeira etapa, porém o empate não demorou e Coxa partiu para o ataque, e criou três chances. Na primeira tentativa após cobrança de falta, o atacante Marcel(considerado o pior em campo pela equipe da Rádio Transamérica) cabeceou para fora. 
Depois de falta lateral, o meia Renan Oliveira desviou por cima do gol adversário. Aos 26min, em rara jogada pelo chão, Renan tocou para o meia Rafael Silva, em condição legal. O camisa 11, com categoria, finalizou por cima do goleiro Diego para marcar seu primeiro gol como profissional. 1 x 1.

A partida ficou equilibrada e apesar de algumas chances para os dois times, além de um gol anulado para a equipe do Roma, devido a impedimento, o primeiro tempo terminou empatado a um gol.

SEGUNDO TEMPO

O Coxa voltou para a etapa final com algumas modificações, uma foi a substituição promovida pelo Técnico interino, saiu Rafael Silva para entrada de Zé Rafael e a outra, foi que o Coxa voltou mais inspirado, buscando o ataque desde os primeiros inícios e numa dessas chances, o zagueiro Luccas Claro cabeceou para a defesa de Spada. No rebote, o meia Renan Oliveira tocou para o meio da área, mas o zagueiro Marcelão afastou o perigo. 
O Coxa passou a dominar a partida, e perdeu muitas chances de virar a partida, ora com o goleiro Spada salvando o Roma, ora pela falta de entrosamento da equipe, apesar disto, o Coxa era melhor.
Mais tarde, o interino, mexeu na equipe pela segunda vez e promoveu a estreia do meia Thiago Primão no lugar de Emerson Santos. 
Na sequência, em nova cobrança de falta, a zaga romana afastou, no rebote Luccas Claro ajeitou fora da área e mandou uma bomba, por cima do gol adversário.
Aos 28min, última alteração,o técnico tirou Marcel e no seu lugar entrou Caio Vinicius, e aos 30min , o camisa 18 - na primeira jogada dele - chutou colocado e marcou: Coritiba 2 a 1.
Depois do gol, o ritmo da partida caiu um pouco, e o time do Alto da Glória com o resultado positivo passou a dominar mais a partida, valorizando a posse e o toque de bola. Os donos da casa, sem forças de reação, viam o Coxa tocar a bola e para tornar o rebaixamento ainda sofrível para a pequena torcida local, saiu mais um gol para o Coritiba.
Aos 37 minutos. Thiago Primão colocou o meia Renan Oliveira(escolhido o melhor em campo, pela mesma equipe) na cara do gol. O camisa 10 bateu forte, no canto do goleiro Spada que não pode fazer nada e fechou o placar: Coritiba 3 a 1. 

Com o resultado, o Coritiba ampliou a melhor campanha do Paranaense, que havia sido confirmada com uma rodada de antecedência. Em 22 jogos, o Coxa fez 53 pontos com 54 gols assinalados e 19 sofridos.
Fim do segundo turno, garantido na final, o Coxa vai agora para a decisão contra o arqui-rvial, numa disputa em dois jogos, o primeiro na VILA CAPANEMA, dia 06/05, e o segundo jogo decisivo no Couto na semana seguinte.

O próximo compromisso do Verdão, será o jogo de volta pela Copa do Brasil, dia 03/05, contra a equipe do Paysandu em Belém, às 19:30.

[a tua camisa alviverde para sempre hei de amar] 




Nenhum comentário:

Postar um comentário