banner

26 de abr de 2012

Coritiba 4 x 1 Paysandu - Copa do Brasil

Coritiba abre boa vantagem contra o Paysandu no primeiro jogo 

Confira o primeiro gol da partida

A equipe do Coritiba goleia a equipe do Paysandu por 4 x 1 e leva boa vantagem para o jogo de volta.

O JOGO
O Coritiba entrou em campo na noite desta quinta feira, às 19:30, diante de sua torcida para enfrentar a equipe do Paysandu, no Estádio Couto Pereira pela primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil com seu uniforme tradicional número 1 assim escalado: Vanderlei, Emerson, Demerson, Jonas, Lucas Mendes, Junior Urso, Tcheco, Everton Ribeiro, Lincoln, Roberto e Anderson Aquino.
Jogando em casa e necessitando fazer o resultado para jogar a segunda partida em Belém de forma mais tranquila, foi com esse pensamento que a equipe Coxa-Branca entrou em campo e dominou o primeiro tempo, indo pra cima da equipe do Paysandu desde o início da partida e aos 10min, perdeu uma ótima chance de abrir o placar. Jonas escapou da marcação e passou na medida para Lincoln, que sozinho na marca do pênalti, acabou pegando mal na bola e mandou para fora. 
Aos 19min, Everton Ribeiro aproveitou escanteio da direita e cabeceou, a bola passa rente ao poste direito. O Verdão detinha maior posse de bola e dominava a partida e os visitantes pouco chegavam a meta de Vanderlei.
O Coxa era só pressão, e o gol estava "maduro". E saíram dois de uma vez só, logo de cara, para alívio da torcida.
Aos 32min, Anderson Aquino recebe livre na entrada da área. O atacante bateu colocado no canto alto de Paulo Rafael e abriu o placar no Couto Pereira. 1 a 0 COXA.
Um minuto depois, outro ataque fulminante do Coxa. Roberto foi lançado no ataque, ganhou a disputa com o zagueiro e tocou de cobertura para ampliar o marcador: 2 a 0 COXA
O time do Paysandu ficou perdido em campo, atordoado, bom para o Coritiba que aproveitou para ampliar. 
E o terceiro gol veio aos 42min, Roberto passou por Vanderson na área e cruzou da linha de fundo. Éverton Ribeiro bateu de primeira e aumentou a vantagem dos mandantes. 3 a 0 COXA. O Verdão desenhou já no primeiro tempo uma grande vitória que se confirmaria na etapa final.

SEGUNDO TEMPO
O Coritiba volta com a mesma formação para a etapa final que reservava muitas emoções.
Com larga vantagem no marcador, o Coritiba relaxou e deixou a equipe visitante crescer na partida. Precisando diminuir a vantagem coxa-branca, o Papão pressionou o Coxa o segundo tempo, com algumas boas descidas contra a meta do Coritiba. 
Aos 7min boa jogada do Papão, Thiago Potiguar vai a linha de fundo e cruza na área para Rafael Oliveira sozinho isolar. O jogo era aberto, lá e cá.  Apesar das boas jogadas, realizadas pela equipe verde e branca, o quarto gol não saia, e a torcida já começava a ficar impaciente, nisso, brilha novamente a estrela do técnico
Aos 17min, Marcelo Oliveira fez a primeira alteração no time alviverde. Saiu Anderson Aquino e no seu lugar entrou Renan Oliveira. Com a vantagem no placar, o Coxa passou perigosamente tentar administrar a partida, e o Paysandu tentando diminuir. 
E foi o que aconteceu, a equipe do Paysandu aproveitou vacilo da defesa do Coritiba e conseguiu descontar aos 22min. Helinton apareceu na cara do gol e se atrapalhou com a bola. Na sobra, Tiago Potiguar aproveitou para fuzilar Vanderlei e diminuir o prejuízo dos visitantes. 3 x 1
Depois do gol dos visitantes a partida começou a ganhar ares de dramaticidade, e o Paysandu cresceu na partida, já que se fizessem mais um gol, iriam com a esperança renovada para o segundo jogo.
Vendo a pressão que a equipe do Paysandu impunha e a pouca movimentação do Coritiba, o técnico Marcelo Oliveira resolve mexer na equipe e faz duas alterações de uma vez só. 
Aos 29min procede duas alterações. Tira Linconl e no seu lugar entra o jovem Rafael Silva. Na sequência entra o recém contratado Sérgio Manoel, no lugar de Jonas.
As mudanças deram mais dinamismo ao time coxa-branca, e surtiram efeito.
Aos 35min, Rafael Silva - que acabara de entrar - penetrou na área e Tiago Costa derrubou o atacante. Guilherme Ceretta de Lima, o árbitro da partida, aponta; penalidade máxima para o Coritiba. Roberto bateu a primeira vez, fez o gol, mas que acabou sendo anulado pois o goleiro do Paysandu saiu do gol antes da finalização. Na segunda cobrança, Paulo Rafael caiu no canto direito e espalmou o chute do camisa 7 do Coritiba, evitando o quarto gol da equipe da casa para desespero na torcida que compareceu em bom número ao Alto da Glória.
Cinco minutos depois, o atacante perdeu mais uma chance, quando recebeu livre e tocou para fora.
O jogo ganhava em emoção e desespero. O Coxa precisando fazer mais um, para tranquilizar sua torcida, ao passo que se o Papão fizesse mais um, o drama aumentaria.
Aos 42min, susto para a torcida coxa-branca. Vanderlei salva o Coxa. Bola cruzada na área, e Douglas desvia de cabeça em cima do arqueiro, que faz grande defesa.
Já nos acréscimos, aos 46', Junior Urso rouba a bola pela direita, passa para Rafael Silva, que dribla o goleiro e mais uma vez foi derrubado dentro da área. Penalti. O goleiro Paulo Rafael foi expulso no lance e desfalca o Papão. A torcida do Coritiba grita das arquibancadas o nome de Tcheco.
O meia pega a bola e a coloca na marca da cal. Como já havia feito todas as substituições, Harrison foi para a meta do Papão. O meia Tcheco bateu forte no canto direito e consolidou a goleada no Alto da Glória e que deixou o Coritiba com boa vantagem para avançar as quartas. 

Fim de jogo no Alto da Glória para um público de mais de 10 mil torcedores. 

O próximo compromisso do Verdão será pelo Paranaense, apenas para cumprir tabela, já que já está garantido na final com o arqui-rival. O Coxa enfrenta a equipe já rebaixada do Roma em Apucarana, dia 29/04, às 16:00

[a tua camisa alviverde para sempre hei de amar]


Nenhum comentário:

Postar um comentário