banner

8 de dez de 2012

Recordes para 2013 ?

Equipe do Alto da Glória poderá 
bater recorde em 2013



Caso ocorra uma combinação que leve a equipe coxa-branca a disputa da Copa do Brasil e a Sul-Americana, o alviverde poderá fechar a próxima temporada com 78 partidas e bater o próprio recorde, já que esse ano foram 76 jogos computados. 

O vice-presidente de futebol do Coritiba, Paulo Thomaz de Aquino, sobre o assunto ressaltou o seguinte: “O Coritiba está muito atento à quantidade de jogos do próximo ano, para que não ocorra o desgaste que tivemos em 2012.

Esse ano esse tema já havia sido discutido quando no dia 05/04 a diretoria alviverde utilizou o seu site oficial para novamente reclamar do calendário brasileiro. 

Em um artigo assinado por Glydiston Ananias, coordenador do Centro de Excelência do Esporte clube, disse que com um calendário como este é impossível qualquer tipo de adaptação. 

O coordenador ainda afirmou na oportunidade: "Continuaremos seguindo no caminho da improvisação e do amadorismo, num país que se prepara para sediar o maior evento de futebol do planeta”.

 LESÕES


O fator primordial para reclamações do calendário brasileiro tão corrido e com tantas partidas, segundo os dirigentes dos clubes, seria o número excessivo de lesões, vide o DM do Coritiba esse ano, com inúmeras lesões de atletas que no meio do ano se afastaram e não regressaram para os gramados, são os casos do lateral direito, Jackson que se lesionou no Paranaense e do zagueiro Emerson, na metade do ano, pela Sul-Americana e não regressou mais. 


EQUIPE FORTE E CAMPEÃ


Para ser grande é preciso ter raízes sólidas, ideais e além de pensar grande, agir como grande. 

Entendo que o calendário brasileiro para as equipes de futebol profissional está nesta situação a muitos anos e não tem previsão de mudanças, então o jeito é cada clube dentro de suas perspectivas de adaptar ou ficar pra trás, vendo os outros times jogarem diversos campeonatos e disputarem títulos.

A torcida sonha todos os anos, com títulos de expressão, calendário cheio e com conquistas relevantes tanto no cenário nacional, quanto no cenário internacional, já que de surrar o rival e de taças do Paranaense nosso Memorial está cheio.

O que dizer sobre São Paulo então, recordista de Libertadores, Cruzeiro, Internacional, Grêmio, Flamengo e outros "grandes" que sempre estão com calendários cheios, disputando campeonatos de grande porte e honram seus compromissos? Isso quando não trazem títulos. 

Mas e as lesões? Talvez o amigo leitor me questione: E eu respondo: Sempre haverão, por isso, precisamos de UM ELENCO FORTE, com banco a altura, com peças de reposição que entrem no lugar daqueles que porventura se lesionem e deêm conta do recado. 

Como querem que o CORITIBA seja grande e seja RESPEITADO em âmbito nacional, e até internacional, se quando as oportunidades aparecem, elas são contestadas, sob desculpa de desgate no elenco e até lesões ?

TIME GRANDE encara o desafio e conquista títulos e como a vaga para time pequeno na capital já foi preenchida pelo time da prefeitura, o nosso eterno freguês, devemos nos portar como grande que somos e partir para as conquistas mais importantes e confirmar a supremacia VERDE no Estado. 


[tua camisa alviverde com orgulho para sempre hei de amar]







Nenhum comentário:

Postar um comentário