banner

4 de dez de 2012

CORITIBA 3 X 0 Figueirense

Vitória e despedida encharcada

Site Oficial
 Com gramado alagado Coxa vence 
o Figueira por 3 x 0

Jogando com esquema alterado no 4-4-2 a equipe coxa-branca entrou em campo com seu uniforme tradicional número 1 assim escalada: Vanderlei; Victor Ferraz, Bonfim, Sergio Escudero e Denis; Júnior Urso, Gil, Lincoln, Robinho e Everton Ribeiro; Devid.

Com gramado impraticável para a prática do futebol devida a forte chuva que caiu em Curitiba antes da partida foi praticamente impossível tocar a bola no primeiro tempo e com o gramado do Couto Pereira completamente encharcado foi preciso usar a habilidade e o jogo aéreo para chegar até a meta adversária e abrir o marcador. 

No segundo tempo a chuva diminuiu e foi possível que a bola rolasse e o Verdão confirmasse a superioridade sobre um adversário fraco técnicamente e já rebaixado.


OS GOLS
Aos nove minutos Robinho levantou a bola na cabeça do atacante Everton Ribeiro que com categoria cabeceou no ângulo direito do goleiro catarinense.  Coxa 1 a 0. 

Aos 18' da etapa final mais uma assistência de Robinho que foi escolhido o líder de assistências do clube no Brasileirão.
Robinho viu o avanço de Dênis pela esquerda e passou para o lateral, que recebeu e bateu forte, cruzado no canto, sem chances para o goleiro Tiago Volpi. Era o segundo do Verdão. 2 x 0.

Aos 42' o Coxa chegou ao terceiro.
Ruidíaz chutou forte, na entrada da área e no rebote do goleiro Tiago, a bola sobrou para Everton Ribeiro, que de primeira emendou para estufar às redes do Figueirense e dar números finais ao placar. Coritiba 3  x 0 Figueirense.

SEGUNDO TEMPO/ ALTERAÇÕES

Vencendo por 1 a 0 a equipe voltou a mesma, sem alterações. 

Com os 2 a 0 no placar e a vantagem o ténico Marquinhos Santos resolveu promover a primeira substituição; aos 21' quando saiu Lincoln para a entrada de Rui Diaz. 

Aos 32' saiu Deivid para a entrada de Roberto e aos 41' saiu Vitor Ferraz para a entrada de Willian Leandro. 

Os 3 a 0 no placar refletiram a superioridade do Coritiba no Alto da Glória e desta forma o alviverde encerrou a temporada batendo o recorde de partidas no ano entre os times brasileiros, computando 76 jogos na temporada.

Apesar do número expressivo, o alviverde encerrou a temporada de forma melancólica, com uma participação abaixo da média no Brasileirão, e em dado momento tendo a "pior" defesa do campeonato.

Também não atingindo a meta diretiva para 2013 que seria  disputar a Libertadores, além de perder mais uma vez um título em casa de uma competição nacional.  

As alegrias que ficaram foram a goleada sobre o time ruborizado, onde novamente deixamos "eles"  de 4 e a consequente  conquista do Segundo Turno que forçou uma final com o time da prefeitura e depois em cima "deles" mais uma vez a conquista do saboroso Tri-Campeonato - o nono título em cima "deles" -  sobre o fraco e rebaixado time da baixada, assim como vê-lo se bater na Série B, fazendo jus ao seu tamanho e sofrendo pra subir apenas na última rodada.

Também outro motivo de alegria, foi a vitória do Coritiba sobre o Palmeiras por 1 a 0 no returno e depois, saborear o consequente rebaixamento do limitado time do Palmeiras que se  conseguiu ser campeão da Copa do Brasil esse ano, foi por que contou com uma ajuda extra-campo, prova disso que foram rebaixados, comprovando sua limitação técnica e mostrando para o Brasil que mereceram ser rebaixados e que o título da Copa do Brasil foi roubado do Alto da Glória.

Agora o Coxa só volta em campo em 2013, no dia 20 de Janeiro para enfrentar a equipe do Operário em Ponta Grossa, às 17:00 pela abertura do campeonato paranaense em busca do Tetra-Campeonato.

[tua camisa alviverde com orgulho para sempre hei de amar] 

Nenhum comentário:

Postar um comentário